Descubra a importância do Diagnóstico Organizacional

Diagnóstico Organizacional consiste em uma análise minuciosa e detalhada da empresa, visando proporcionar as condições necessárias para o desenvolvimento e aprimoramento de modo que o desempenho atinja níveis satisfatórios de eficiência e eficácia. É um instrumento de coleta de informações da empresa.

Por que fazer?

O Diagnóstico organizacional é extremamente importante para o planejamento estratégico da empresa, pois através dele é possível apresentar um quadro confiável da real situação que está sendo vivenciada na empresa, para que com este conhecimento seja possível definir uma outra realidade que represente de maneira segura os objetivos e metas que norteiam a organização.

Quais as vantagens de realizar o diagnóstico organizacional?

Mas, afinal, quais as vantagens que um diagnóstico organizacional poderá trazer a uma empresa?

  • Entender a realidade do negócio

Para conseguir prosperar em qualquer área, é essencial conhecer o estado real em que se encontra.

Afinal, traçar objetivos também demanda saber qual será seu ponto de partida.

Ao saber como fazer um diagnóstico organizacional empresarial, você poderá compreender seu negócio com maior embasamento.

Você conseguirá detectar, por exemplo, qual o grau de maturidade da organização, realizar comparações de desempenho atual com aquele que é esperado, e até compreender quais áreas são mais importantes para os resultados do seu negócio.

  • Identificar pontos fortes e fraquezas

Ao conseguir fazer uma análise detalhada, será possível identificar quais são os pontos fortes e fracos que uma empresa está apresentando.

Com isso, estratégias mais certeiras serão criadas para resolver os problemas detectados, bem como se aproveitar dos pontos positivos.

O resultado será não somente um planejamento mais eficiente, mas resultados mais expressivos, o que tornará a organização mais competitiva em seu mercado de atuação.

  • Cultura organizacional

Realizando um diagnóstico, também será possível detectar as características da cultura organizacional.

É importante determinar se está havendo um alinhamento dos colaboradores com a missão, visão e valores de sua empresa.

Esse fator impacta diretamente na produtividade e no engajamento dos funcionários.

  • Tomada de decisão mais rápida e eficiente

Ao ter uma visão mais profunda de seus negócios, com uma ideia clara dos problemas e oportunidades, será muito mais fácil tomar de decisões.

É como ter em mãos todas as cartas necessárias para fazer uma boa jogada: além da agilidade, as chances de decidir com maior precisão aumentam expressivamente.

Veja também: 5 Questões fundamentais para iniciar o Planejamento Estratégico

Como Fazer?

  • Colete informações

Procure buscar o máximo de informações que conseguir. Esta coleta de dados deve levar em consideração cada um dos departamentos da empresa, para que seja possível chegar a um diagnóstico que seja condizente com a realidade.

Assim, o que deve ser feito, é conversar com colaboradores, analisar documentos importantes, bem como os processos organizacionais, entre outras ações, que permitam aos responsáveis pelo diagnóstico organizacional criarem uma base para seguirem adiante, rumo ao próximo passo, que é o que dará início a busca de soluções.

  • Analise os dados coletados

Agrupe todas as informações que foram coletadas no primeiro passo, crie um relatório, analise a fundo cada uma das informações, faça planilhas, crie gráficos e mostre todos os pontos positivos e negativos que foram identificados, bem como os problemas e oportunidades encontrados nos negócios atualmente.

É importante saber, que os pontos positivos podem reforçar o caminho certo que a empresa já vem traçando, assim como os pontos considerados de melhoria, precisam de uma atenção especial, para que sejam solucionados por completo.

  • Identifique ameaças e oportunidades

Nessa etapa, o responsável ou os responsáveis pela elaboração do diagnóstico organizacional, mediante as informações coletadas, vão identificar os problemas que estão prejudicando o bom andamento dos processos dentro da empresa, bem como as oportunidades de crescimento que ainda não estão sendo aproveitadas, efetivamente e na prática.

Após esta identificação, o ideal é que, tanto as ameaças, quanto as oportunidades, sejam classificadas por ordem de prioridade, ou seja, o que precisa de atenção imediata e o que pode ser deixado para um segundo momento para ser resolvido. Fazendo isso, todos saberão por onde devem começar a elaborar o plano de ação e quais mudanças precisam ser implementadas logo de início.

  • Defina o plano de ação

Finalmente é chegado o momento de definir as estratégias, bem como o plano de ação que será implementado, com base no diagnóstico organizacional que foi feito. Neste ponto é fundamental fazer um planejamento detalhado, com um cronograma específico para cada atividade, para que assim seja possível acompanhar o progresso, analisando quais ações estão sendo bem-sucedidas, quais precisam ser melhoradas e quais podem ser eliminadas por completo.

Por: Audrey Faria – Consultora de RH

IBC Coaching/Setting Consultoria