Investir no RH: Saiba porque se tornou estratégico

A grande maioria das empresas ainda não percebe a importância de se investir no RH.

Apesar das despesas com recursos humanos (RH) serem equivalentes a 21% das vendas, no caso das empresas de serviços, e 30% do valor agregado (vendas – matéria-prima) ainda há grande carência da percepção da importância de se investir nesse setor que pode ser tão estratégico nas empresas.

Muitas vezes confundido com o Departamento Pessoal, o setor de Recursos Humanos é parte importante para o crescimento da empresa.

É ele quem vai atrair e manter os melhores talentos, administrar as competências dessas pessoas e coordenar habilidades em direção às metas.

A tendência atual é que o RH tenha uma atuação cada vez mais estratégica e colabore para que o potencial dos profissionais contratados seja aproveitado ao máximo.

Investimento em RH como vantagem competitiva

Além de representarem uma fatia importante dos gastos de uma corporação, os recursos humanos também absorvem boa parte do tempo dos gerentes e executivos responsáveis pela empresa.

Daí a dificuldade de se entender o motivo de tão poucos recursos para se investir no RH. Embora a maior parte das empresas tenha dificuldades para avaliar e administrar seus recursos humanos, aquelas que o fazem acabam obtendo uma vantagem competitiva.

Como é o trabalho do RH estratégico

Um RH voltado para o crescimento da empresa tem grande foco na gestão de pessoas. É sua função entender as habilidades de todos os funcionários, alinhá-las e ajudar na coordenação e estruturação das equipes de acordo com essas habilidades.

Por meio dessa gestão, também é possível desenvolver lacunas profissionais, contribuindo para o desenvolvimento desses empregados. Assim, a empresa pode moldar os profissionais para que eles tenham condições de atender às necessidades das tarefas.

Além disso, esse departamento procura fazer uma seleção de talentos mais acurada. Para tal, identifica o candidato ideal para atender às exigências técnicas da vaga e que, ao mesmo tempo, tenha o perfil de comportamento perfeito em relação à cultura organizacional.

Um RH que atue de maneira estratégica também tem cuidado especial com a retenção de talentos, garantindo que os contratados tenham satisfação em trabalhar naquela empresa. Isso reflete na qualidade dos produtos e serviços oferecidos, e ajuda, até mesmo, a vencer a concorrência. Assim, esse é mais uma razão pela qual investir no RH é importante.

Veja também: Qual o papel do Business Partner nas empresas

O que torna um RH importante

Alguns fatores dão ao RH um papel de relevância em uma organização. Esses ultrapassam as obrigações burocráticas de preenchimento de avisos de férias e folhas de pagamento.

1. Recrutamento acertado

Saber contratar as pessoas certas para a vaga, com a experiência necessária para desenvolver as tarefas e que vão se adaptar ao ritmo da empresa é característica essencial que evita altos custos de demissões e processos seletivos constantes.

2. Retenção de talentos

Contratar bem é vital, mas reter esses talentos também é importantíssimo. De nada adianta investir no conhecimento de um profissional para que ele deixe a empresa um ano depois.

Saber trabalhar a retenção de talentos é tarefa do RH, que vai garantir o engajamento, a qualidade de vida e a permanência do profissional por um longo período de tempo, contribuindo genuinamente para o crescimento da corporação.

3. Valorização da empresa

Uma empresa que sabe cuidar bem dos seus funcionários acaba sendo conhecida por essas características e ganha valor de mercado, além de ser disputada pelos profissionais mais competentes.

4. Melhora do clima organizacional

Um bom RH dá abertura aos profissionais para que eles também expressem como é trabalhar nesse lugar e o que pode ser mudado. Essa prática permite uma melhora substancial no clima da empresa, o que reflete de maneira positiva na produtividade.

Está com dificuldades para saber como começar a investir no RH, nos consulte.

Por: Audrey Faria – Psicologa e Consultora de RH

Fonte: Gupy